segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Rapidinhas

A Caixa Econômica Federal estima que neste dia 17 serão creditadas automaticamente 193,9 mil cotas do PIS, com saldo total de R$ 148,3 milhões. A estimativa do Banco do Brasil é de 50,3 mil cotas do PASEP, com valor total de R$ 90,2 milhões. No total, R$ 238,5 milhões serão pagos de forma automática.
O período de saque dos valores começa quinta-feira, dia 19, em todo o país para os cotistas com mais de 70 anos. Em novembro, serão disponibilizados os recursos para os aposentados e, em dezembro, serão atendidos os demais cotistas beneficiados pelo critério de idade, ou seja as mulheres com idade superior a 62 anos e os homens com 65 anos ou mais.
Empurrando Aécio com a barriga
Estadão estima que pelo menos 12 senadores faltem à sessão que deve decidir sobre o afastamento de Aécio Neves, amanhã.
Entre as ausências, além de Romero Jucá (ainda de licença médica) e Ronaldo Caiado (que caiu da mula), há nomes como Ricardo Ferraço e Cristovam Buarque, em missão especial nos Emirados Àrabes.
Aécio precisa dos votos de 41 dos 81 senadores para derrubar a decisão do STF e retomar seu mandato. Seus aliados querem um quórum mínimo de 70 senadores no plenário.
Líderes partidários defendem que a votação seja adiada para quarta (18), se esse quórum não for obtido amanhã.
Gutemberg Dias é cotado para ser o vice de Fátima Bezerra
O empresário mossoroense Gutemberg Dias (PCdoB), que foi candidato a prefeito de Mossoró na última eleição, é cotado para ser vice da senadora Fátima Bezerra (PT) na disputa pelo Governo do Estado em 2018. Ele tem três características que agradam o petismo: é empresário, tem ideologia de esquerda e representa o segundo maior colégio eleitoral do Estado.
Jornal dos EUA destaca violência do Rio Grande do Norte
O Jornal americano Los Angeles Times destacou, em reportagem, a crescente violência no Rio Grande do Norte. O jornal destacou que o número de homicídios no Estado aumentou 232% de 2005 a 2015 e que, só em 2017, 1.558 pessoas foram assassinadas.

Rogério tenta mudar concepção de eleitores sobre reforma trabalhista
Com rejeição em alta desde que relatou a Reforma Trabalhista na Câmara Federal, o deputado Rogério Marinho(PSDB) tem dedicado suas energias a rodar os municípios do Estado com seminário sobre as mudanças na CLT. O objetivo do tucano é mostrar o quanto a Reforma foi benéfica para a sociedade. Por enquanto, não tem conseguido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário