segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Sesap quita dívidas com cooperativas médicas de Mossoró


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou através de nota que a ordem de pagamento referente aos três meses de atraso de serviços prestados por empresas médicas e de fisioterapia ao Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, foi emitida. A Sesap quitou o débitos dos meses de abril, junho e julho, ficando pendente apenas o mês de maio, cujo pagamento deverá ser efetivado entre os dias 20 e 25 deste mês.
O valor mensal do repasse é de cerca de R$ 1 milhão, a soma dos três meses gira em torno dos R$ 3 milhões.
De acordo com informações do diretor do HRTM, Jarbas Miguel Fernandes Mariano, o pagamento de maio ainda não pode ser realizado porque até então os recursos eram oriundos da Fonte 100, ou seja, provinham dos cofres do Estado, dependendo exclusivamente da arrecadação estadual.
A partir de junho em diante, o pagamento está sendo feito pela Fonte 162, com recursos federais, decorrentes da decretação do Estado de Calamidade na saúde pública do RN.
”A nossa previsão é de que os profissionais que paralisaram os serviços retornem imediatamente às atividades e todo atendimento seja normalizado. Graças a Deus, não foi necessário transferir um único paciente para Natal, resolvemos todos os casos aqui”, disse o diretor.
O pagamento contemplou cinco empresas médicas e uma de fisioterapia. São elas:
  • Sociedade de Ortopedia de Mossoró (SOM) – serviços de trauma-ortopedia
  • Clinica de Cirurgiões de Mossoró (CCM) – serviços de cirurgia geral
  • Clínica de Anestesiologistas de Mossoró (CAM) – serviços de anestesia
  • Serviço de Assistência Médico-Ambulatorial (SAMA) – serviços de clinica médica e UTI
  • NEO Clínica – serviços de pediatria
  • Clínica de Fisioterapia de Mossoró – serviços de fisioterapia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário