quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Empresário de Neymar diz que Santos pode ficar sem sua parte nos R$ 821 milhões da venda ao PSG


O Santos pode ficar sem ver nem R$ 1 da venda de Neymar ao PSG, praticamente fechada por 222 milhões de euros (R$ 821 milhões), mesmo tendo sido o clube formador do atleta.

Essa é a opinião do empresário Wagner Ribeiro, que está à frente das negociações que tiram o astro brasileiro do Barcelona após quatro anos.

"A rescisão unilateral na Espanha pode ser feita diretamente pelo clube que o atleta autorizar. Sendo assim, como se trata de uma rescisão unilateral e não motivada por uma venda normal, acho que nenhum clube, seja ele formador ou não, tenha direito sobre algum percentual. O clube está sendo indenizado pela cláusula de rescisão e não cabe repassar nenhum valor, mas essa é apenas a minha opinião", disse o agente ao ESPN.com.br.

Segundo três advogados desportivos consultados pela reportagem anteriormente, contudo, a expectativa é que o Santos tenha direito, sim, a uma porcentagem dos valores. O clube acredita que possa levar aproximadamente 4% do montante, ou cerca R$ 33 milhões. 
O regulamento da Fifa diz que, "se um profissional se mover durante o curso de um contrato, 5% de qualquer compensação, sem incluir compensação de formação paga ao seu antigo clube, será deduzida do valor total dessa compensação e distribuída pelo novo clube como contribuição solidária ao clube envolvido em seu treinamento e educação ao longo dos anos. Esta contribuição de solidariedade reflete o número de anos (calculado pro rata se menos de um ano) foi registrado com o clube relevante entre as estações de seus 12º e 23º aniversários".

Por outro lado, uma venda por pagamento por meio de depósito de cláusula de rescisão, como mencionou Wagner Ribeiro, ou seja, sem que o time que estava com o atleta tivesse qualquer poder de barganha, como ocorreu agora com o Barcelona, é uma situação mais rara de acontecer do que uma venda normal, em comum acordo entre todas as partes.

O blog do Rodrigo Mattos, no UOL, já havia adiantado que essa situação pode ocorrer.
A transferência de Neymar ao PSG deve ser selada até o fim desta semana, após o depósito dos valores por parte do time francês. O atleta deve ser apresentado na semana que vem, se tudo der certo. Nesta quarta, o Barcelona já confirmou que o brasileiro está liberado dos treinos, e ele aproveitou para se despedir do elenco do clube catalão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário