Páginas

domingo, 23 de abril de 2017

Ponte Preta elimina Palmeiras e volta à final após 9 anos


O Palmeiras pressionou, teve um gol anulado e reclamou de pênaltis não marcados, mas parou na forte defesa da Ponte Preta e acabou eliminado do Campeonato Paulista. Apesar de boas oportunidades, o gol alviverde saiu apenas aos 37 minutos do segundo tempo, com Felipe Melo, e a vitória por 1 a 0 não foi suficiente para classificar o time da casa.
Com o resultado na capital paulista, a Ponte Preta se tornou a primeira finalista e volta a disputar uma decisão após um intervalo de 9 anos. Na última vez, derrota contra o mesmo rival de hoje. Já agora, espera pelo vencedor de Corinthians e São Paulo para saber quem será seu adversário na final do Estadual. O clássico Majestoso ocorre neste domingo, às 16h (de Brasília), em Itaquera, e o time alvinegro venceu a primeira partida por 2 a 0. 

Mesmo com a difícil tarefa de marcar ao menos três gols para levar o jogo para os pênaltis, já que perdeu o jogo de ida por 3 a 0 em Campinas, o Palmeiras teve seu maior público do ano nesse sábado, quando o Palestra Itália recebeu 39.086 torcedores. Apesar da desclassificação, os presentes aplaudiram o time e cantaram ao final da partida.
Os aplausos, porém, não contemplaram todo o time alviverde. No segundo tempo, com o empate sem gols ainda no placar, a torcida passou a pedir a entrada de Willian e, pouco depois, Eduardo Baptista colocou Bigode em campo no lugar do centroavante Miguel Borja. O colombiano saiu de campo vaiado e reclamando da alteração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário