sexta-feira, 21 de abril de 2017

Mossoró aparece como a 18ª cidade mais violenta do mundo e Natal a 33ª


Numa semana marcada por mais uma troca de secretário de segurança, o Rio Grande do Norte se depara com mais uma marca preocupante.
Vivendo seu pior momento no quesito insegurança o Rio Grande do Norte emplacou duas cidades no ranking das mais violentas do mundo.
Segundo o jornal Estadão, o Brasil e a América Latina se configuram como as regiões mais violentas do mundo. A análise serve para países que não estão em guerra.
De acordo com levantamento atualizado do Instituto Igarapé divulgado pela revista ‘The Economist’, 43 das 50 cidades com maiores taxas de homicídios são latino-americanas.
El Salvado continuou sendo o primeiro do ranking. Em 2015 e 2016 foi considerado o país mais violento do mundo e sua capital, San Salvador, a cidade com mais homicídios.
Metade das cidades que constam na lista ficam no Brasil. A taxa de assassinato caiu nas maiores cidades, mas aumentou em menores. Seguindo esta linha, com um número crescente de execuções, Mossoró aparece na surpreendente 18ª posição. Já Natal, aparece na 33ª posição ao lado de outras oito capitais de Estado.
Segundo a publicação britânica, os conflitos entre quadrilhas, a corrupção e as instituições públicas frágeis são os fatores que contribuem para os altos índices de violência na América Latina em 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário