Páginas

sábado, 29 de abril de 2017

Governo discute Central de monitoramento para Escolas Estaduais


As secretarias de Estado da Educação (SEEC) e de Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) discutiram na sexta-feira, 28, segurança das escolas estaduais potiguares. O encontro resultou em uma parceria para implantação de uma central de monitoramento das escolas localizadas nas áreas de vulnerabilidade.
“O investimento em segurança resultará em economia para a Educação, pois em cada furto que as escolas sofrem um gasto para recomposição desse material é gerado”, destacou a secretária de Educação, Cláudia Santa Rosa.
A titular a SEEC afirmou ainda que os casos de violência envolvendo as escolas estaduais vêm crescendo nos últimos anos. Além de Natal, em um primeiro momento, intenção é estender a ação às escolas de Mossoró.
“Sabemos que esse é um problema que só pode ser resolvido com a parceria dos setores de inteligência e ação da Segurança Pública. Para que essas medidas cheguem, precisamos criar um diálogo aberto entre a SEEC e a SESED”, disse.
A delegada e secretária estadual de Segurança, Sheila Freitas, propôs a instalação de câmeras de monitoramento para atender as escolas localizadas em áreas de risco e que tenham maior número de casos de arrombamentos.
“Podemos montar uma central específica para as escolas e assim termos, em tempo real, imagens das instituições de ensino”, declarou a delegada Sheila Freitas. Ela também destacou que essas imagens serão essenciais para investigações e flagrantes.
As equipes das duas secretarias voltarão a se reunir no próximo dia 03 para acertarem detalhes como a instalação dos equipamentos e pagamentos de diárias operacionais dos policiais que atuarão no monitoramento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário