Páginas

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Bancada se mantém fiél a aprova projetos do prefeito Silveira



O Executivo não teve dificuldade de aprovar o Projeto de Lei Complementar (PLC) 122/16, que altera a reforma administrativa de 2014, dentro do chamado “pacote de austeridade”.
A matéria foi aprovada por unanimidade, na sessão extraordinária encerrada agora pouco.
Inclusive, a oposição votou pela aprovação do projeto, embora desconfiada de que o “pacote de austeridade” não surtirá efeito.
“Não acreditamos, no entanto, demos um voto de confiança. O prefeito Silveira diz que as mudanças ajustarão as contas para o enfrentamento da crise. Acho que não, mas vamos aguardar”, disse o vereador oposicionista Francisco Carlos (PV).
O prefeito Silveira Júnior (PSD) conseguiu manter a sua bancada unida, depois da crise com o anúncio de cortes de cargos e comissionados.
Inclusive, a bancada derrubou emenda da oposição que retiraria do projeto o item é que o Executivo tem a autonomia de criar cargos sem o aval da Câmara Municipal. A emenda coletiva da bancada oposicionista foi atropelada pela maioria esmagadora do governo.
Antes, a Câmara havia aprovado a matéria do Executivo que alterou a Lei 3.029, de maio de 2013, que concedeu terreno público para a empresa A & C e a contrapartida da construção do Parque das Oiticicas.
Com a mudança, o Parque das Oiticicas foi trocado pela construção do pórtico do futuro Parque das Cidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário