domingo, 22 de outubro de 2017

4ª Rodada da IV Copa de Futsal Talentos da Serra


Na última quarta-feira, 18, a ACAYU/EEPJA realizou a 4ª rodada da IV Copa de Futsal Talentos da Serra. Nesta rodada tivemos uma goleada e um outro resultado equilibrado.

Schalif FC 4x5 Top Seven

Top Seven

O Top Seven de Yuri Silva venceu o Schalif por 5x4. Os gols da equipe  Schalif FC foram de Felipe Lourenço, Ítalo André, Leandro Monteiro e Felipe Mateus. E os gols da equipe vencedora foram 3 de Daniel Nogueira, um de Josué Santiago e outro contra.


Minas Gerais 1x7 Paraná

Minas Gerais
Já o Paraná FC goleou o adversário em sua estreia, vencendo a equipe mineira por 7x1. Os gols da equipe vitoriosa foram 2 de Carlos Daniel, 2 de Alan Tales, um de Moabe, um de Marcos Sidney e outro contra.

Paraná

Na próxima segunda-feira, 23, temos a 5ª rodada com a estrea de Palestria x Master Vila e ACAYU x Guanabara.

A organização do campeonato convida a galera que valoriza o esporte para assistir o show de futsal que os atletas estão dando na IV Copinha de Futsal Talentos da Serra.

Patrocinador Oficial
Posto MM Soares

Apoiadores
Ligeirinho Distribuidora
New Point
Livraria Independência
Dinâmica Sports
Stamp Camisetas

Realização
ACAYU
EEPJA

Colaboradores Voluntários
Edna Moreno
Jeferson Costa
Jeferson Emanuel 
Renan Potiguar

MP detecta desvios de R$ 191 mi nas Forças Armadas


Em setembro deste ano, o general do Exército Antonio Hamilton Mourão discursava com autoridade. A uma plateia atenta, ele se mostrava incomodado com a corrupção que atinge o país e disse que os militares estariam dispostos a executar uma intervenção se o Judiciário não “resolver o problema político”, numa alusão a políticos corruptos.
O discurso de Mourão causou polêmica e refletia a tese propagada por grupos que defendem uma eventual intervenção militar de que as Forças Armadas estariam “imunes” à corrupção e, portanto, poderiam dar um fim à crise política vivida pelo país nos últimos anos.
Investigações conduzidas pelo MPM (Ministério Público Militar) e um levantamento inédito do STM (Superior Tribunal Militar) feito a pedido do site UOL mostram, porém, que, assim como as demais instituições brasileiras, as Forças Armadas também sofrem com os casos de corrupção.
Denúncias feitas pelo MPM apontam para desvios milionários praticados tanto por praças quanto por oficiais de alta patente. Os casos vão de cobrança de propina em contratos a roubo de peças de tanques militares. Nas informações recebidas pelo site UOL e veiculadas na Imprensa são evidenciados que mais de uma centena de militares já foi condenada por crimes como esses entre 2010 e 2017 e que a falta de transparência no controle dos gastos pode criar o ambiente perfeito para que a corrupção se propague.
“Corrupção, peculato e estelionato”
O MPM (Ministério Público Militar) identificou, nos últimos dez anos, desvios de pelo menos R$ 191 milhões nas Forças Armadas. Boa parte deste valor é resultado de crimes como fraudes a licitações, corrupção passiva, ativa, peculato e estelionato. O valor é resultado de um levantamento feito pelo UOL com base em informações repassadas pelo MPM.

Iniciou ontem o Campeonato Municipal de Futebol Amador de Serra do Mewl


Ontem, 21, iniciou o Campeonato Municipal de futebol amador Serra do Mel. Ontem estreou o atual campeão Linhares FC e venceu o Paraíba por 1x0, com o gol de Elder. E a Alagoas também venceu a Ceará por 1x0 com o gol de Lula.

Amanhã sai a resenha completa com Amós César.

Inicia hoje a campanha evangélica na Vila Paraíba


ABC vence o Náutico, mas segue na lanterna


O Mais Querido vem confirmando seu crescimento nessa reta final de Campeonato Brasileiro da Série B e conquistou mais um importante resultado. O Alvinegro enfrentou o Náutico/PE na noite desta sexta-feira (20), no estádio Lacerdão, em Caruaru (PE), pela 31ª rodada, voltou a fazer uma boa apresentação e derrotou o time pernambucano por 2 a 1.
Tonhão e Lucas Coelho marcaram os gols abecedista, enquanto William, em um pênalti bastante contestado, fez para os donos da casa. O triunfo marcou uma sequência de três jogos de invencibilidade do ABC, com duas vitórias e um empate, sendo duas destas partidas fora de casa.
Jogando diante de sua torcida, o Náutico/PE começou tomando a iniciativa, mas sem conseguir levar muito perigo ao gol de Edson. Aos poucos, o Clube do Povo equilibrou as ações, passou a criar boas chances e abriu o placar aos 22 minutos. Cruzamento de Vítor Junior pela direita, Tonhão dividiu no alto com o defensor, a bola sobrou na área e ele mesmo tocou no canto. ABC 1 a 0. O Alvirrubro chegou a querer esboçar uma reação ainda no primeiro tempo, mas o placar permaneceu inalterado.
Na volta do intervalo, o Timbu veio para cima e chegou ao empate logo no começo da etapa final, aos 3 minutos. Depois de cruzamento na área, Berguinho pulou para fazer um corte, o jogador pernambucano cabeceou e a bola bateu no braço do meia abecedista. O árbitro marcou pênalti, que William cobrou e deixou tudo igual.
O gol animou os donos de casa, que passaram a pressionar em busca da virada, mas esbarravam nas boas defesas de Edson e no setor defensivo alvinegro. O Mais Querido se defendia bem e também criava boas oportunidades em descidas rápidas. Em um desses contra-ataques, aos 38 minutos, Dalberto lançou Berguinho, que avançou e deu um belo lançamento para Lucas Coelho. O atacante pegou de primeira e mandou no canto, sem chances para o goleiro. ABC 2 a 1.
Com a vantagem novamente no marcador, o Alvinegro ainda chegou duas vezes com chance de ampliar, mas se fechou bem e conseguiu segurar o resultado. Fim de jogo em Caruaru (PE): Náutico 1, ABC 2.
Com a vitória, o Clube do Povo chegou aos 25 pontos conquistados e ficou na 20ª colocação na classificação. Agora, o Mais Querido se prepara para encarar o Londrina/PR, confronto marcado para o sábado (28), às 17h30 (Horário de Brasília), no estádio Frasqueirão.

IFRN realiza concurso público neste domingo com mais de 22 mil candidatos inscritos


Com quase 22 mil candidatos inscritos, o processo seletivo regido pelos Editais 19 e 21/2016-Reitoria/IFRN, terá suas provas aplicadas no domingo, 22 de outubro. Os editais ofertam 31 vagas divididas entre 13 cargos técnicos-administrativos para diversas áreas: administração, linguagens, biologia, audiovisual e medicina. O processo seletivo está sendo organizado pela Comissão Permanente do Vestibular (Comperve) e os aprovados ocuparão as respectivas vagas em um dos 21 campi do Instituto Federal do Rio Grande do Norte. Até o final de janeiro de 2018, a seleção deve ser concluída.
“A expectativa da instituição para esse concurso é muito grande, em especial nos campi, pois precisamos fazer atualização do quadro de servidores e dar segmento aos remanejamentos que já estão concluídos, mas ainda não foram efetivados. Estamos correndo contra o tempo para que todas essas pessoas entrem na Instituição o mais rápido possível para somar aos que aqui já estão e fazer com que o IFRN possa oferecer um serviço cada vez melhor à nossa comunidade acadêmica e à sociedade. Esperamos ainda receber novos cargos do Governo Federal através de portaria direcionado aos Institutos que deve sair em breve” comentou Auridan Dantas, que está à frente da Diretoria de Gestão de Pessoas do IFRN.
Docentes
No último dia 24 de setembro, foram aplicadas as provas escritas referentes ao processo seletivo regido pelo Edital 22/2016-Reitoria/IFRN que abriu oferta de 57 vagas para docentes no IFRN. Foram mais de 10 mil candidatos inscritos na seleção que já teve o gabarito definitivo das questões objetivas divulgado pela organizadora do concurso, a Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern). O resultado final da prova escrita está previsto para o dia 17 de novembro e as provas de desempenho devem ser aplicadas entre 25 de novembro e 10 de dezembro. A previsão para divulgação do resultado final desta seleção é 31 de janeiro de 2018.
Expectativas
Pró-Reitor de Ensino do IFRN, o professor Agamenon Tavares ressalta a importância desse processo seletivo na manutenção da qualidade dos serviços oferecidos pela Instituição: “A oportunidade de ampliar a qualidade das nossas ofertas com servidores qualificados e que se comprometem com a educação é sempre um motivo de renovar a disposição e o trabalho. A concorrência que atingimos nos concursos que estamos realizando demonstra a importância de um certame sério e bem conduzido, que nos trará um novo grupo de servidores para investirmos cada vez mais em nossos estudantes”.
Nessa perspectiva, toda a comunidade acadêmica do IFRN já aguarda por esses novos servidores que devem compor o quadro efetivo de funcionários. O reitor do Instituto, professor Wyllys Farkatt Tabosa, destacou as oportunidades que surgirão através da chegada dos novos colegas de trabalho: “Implícita à expectativa que nós temos com relação a chegada dos novos servidores, tanto docentes quanto técnicos, está a complementação dos cargos que estavam previstos para serem ocupados, permitindo a lotação exigida aos campi. Para além disso está a possibilidade que nós temos a partir desses novos cargos de ampliar nossas ofertas e aumentar parcerias e ações que desenvolvemos com municípios, com empresas, com instituições, favorecendo o desenvolvimento das nossas atividades, ampliando as possibilidades do nosso fazer acadêmico, do nosso fazer científico e do nosso fazer pedagógico”.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Ex-desembargadores e mais oito são condenados por escândalo do TJ


O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) condenou os desembargadores aposentados Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz, a ex-chefe do setor de precatórios do Tribunal de Justiça do RN, Carla Ubarana, e mais 8 pessoas por dano ao erário no valor de R$ 14,1 milhões, em decorrência de irregularidades ocorridas na gestão de precatórios da Corte de Justiça.
A sessão extraordinária realizada nesta quarta-feira (18) deu continuidade ao julgamento iniciado no dia 31 de janeiro. Naquela ocasião, o relator, conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves, votou por responsabilizar Carla Ubarana e George Leal pelos desvios ocorridos no setor de precatórios do TJRN entre os anos de 2007 e 2012, além da empresa Glex Empreendimentos.  O conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes pediu vistas ao processo e apresentou nesta quarta-feira um voto divergente, mantendo a responsabilização de Carla Ubarana, George Leal e da Glex Empreendimentos, mas condenando também os desembargadores aposentados Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz e mais 6 pessoas.
Os conselheiros Renato Costa Dias, Maria Adélia Sales e o conselheiro em substituição Antonio Ed Souza Santana acompanharam o entendimento do conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes. O conselheiro Francisco Potiguar Cavalcanti Júnior votou em consonância com o relator. Com o resultado, Carla Ubarana, George Leal, Rafael Godeiro, Osvaldo Cruz, João Batista Pinheiro Cabral, Wilza Dantas Targino, Carlos Alberto Fasanaro Júnior, Cláudia Sueli Silva de Oliveira, Carlos Eduardo Palhares e Tânia Maria da Silva foram condenados por dano ao erário e estão impedidos de ocupar cargo público em comissão ou função de confiança.
A condenação implica o ressarcimento, de forma solidária e na medida da quantidade de atos praticados por cada um, aos cofres públicos dos valores desviados do setor de precatórios do TJRN. Carla Ubarana e George Leal foram condenados ao ressarcimento de R$ 14,1 milhões. Rafael Godeiro terá de devolver R$ 5,4 milhões e Osvaldo Cruz, R$ 3 milhões. Além deles, Wilza Dantas (R$ 6,2 milhões), João Batista Pinheiro Cabral (R$ 3,5 milhões), Carlos Fasanaro (R$ 8,2 milhões), Carlos Eduardo Palhares (R$ 2,2 milhões), Cláudia Sueli Silva (R$ 1,3 milhões) e Tânia Maria da Silva (R$ 330 mil) terão de devolver dinheiro aos cofres públicos. Eles terão de pagar também multas que variam de 3% a 35% dos valores devolvidos.
De acordo com o voto do conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes, os desembargadores aposentados Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz assinaram cheques, ofícios e guias de pagamentos que foram usadas por Carla Ubarana para desviar recursos públicos do setor de precatórios do TJRN e foram, portanto, “no mínimo negligentes em suas condutas”. “Não se espera que um emprego ou cargo público, notadamente o mais alto posto do Poder Judiciário estadual, seja exercido por alguém que não tenha o cuidado necessário na prática de atos de sua competência, que os assine sem os conferir, que autorize pagamentos a quem não seja credor dos valores, mormente quando ordene levantamentos de dinheiro público”.
João Batista Pinheiro Cabral, Wilza Dantas, Carlos Eduardo Palhares, Carlos Fasanaro, Cláudia Sueli Silva e Tânia Maria da Silva também foram responsabilizados por negligência. Já em relação a Carla Ubarana e George Legal ficou caracterizado “dolo, ou seja, vontade deliberada de lesar o erário”.
Veja abaixo a tabela com os valores a serem ressarcidos e a íntegra do voto do conselheiro Carlos Thompson
Screenshot_20171018-205846

Escolas do RN discutirão referencias para organização do trabalho pedagógico


A Secretaria de Educação do RN, com o apoio do Projeto Governo Cidadão, realiza nos dias 27 a 30 de novembro o Seminário Regional das Referências Básicas para Organização do Trabalho Pedagógico. O evento será sediado em cinco polos do estado, nas cidades de Natal, Mossoró e Currais Novos contando com a participação de 1300 educadores de todas as escolas estaduais do Rio Grande do Norte. 

O objetivo do seminário será a finalização do documento que servirá como referência para organização do trabalho pedagógico, instrumento importante para a construção dos Projetos Políticos Pedagógicos (PPP) das unidades de ensino da Rede Estadual de Educação. “As escolas que não contam com um PPP poderão construí-lo. Aquelas que já tem, podem atualizá-lo com o resultado das discussões do seminário regional”, explicou Cleide Alves, técnica da Unidade Executora Setorial (UES) da SEEC.

Com a realização desta discussão, o texto referencial entra em sua quarta fase de elaboração. Antes foram realizadas sondagens online para compreender a composição dos PPPs e suas articulações com o trabalho pedagógico. Em seguida, pesquisadores estiveram em todos os municípios do RN para avaliar os serviços educacionais prestados pela Rede Estadual de Educação e a penúltima etapa foi um primeiro momento de discussão da versão preliminar do documento com as referências básicas, realizado em setembro deste ano com a participação de técnicos da SEEC. 

Para a gerente da UES da Secretaria de Educação do RN, Jailma Carvalho, o seminário proporciona a escola trazerem suas discussões para um plano maior. “Cada escola tem a possibilidade de apresentar sua opinião e voz, mostrando o que deseja que seja feito a fim de melhorar o trabalho pedagógico. Aqui temos a oportunidade para elas serem protagonistas desta discussão”, apontou a gerente.

Divido em três polos, o primeiro dia (27) de atividades será em Mossoró, com as escolas das Diretorias Regionais de Educação e Cultura de Mossoró e Apodi. Neste mesmo dia as unidades de ensino das regionais de Santa Cruz, Caicó e Currais Novos, este último será o município sede da discussão, também ferão seus debates. No segundo dia (28) das discussões voltam a Mossoró com as escolas das regionais de Assu, Umarizal e Pau dos Ferros. O terceiro dia o seminário chega a capital potiguar reunindo as escolas das regiões de Natal e Ceará-Mirim. O último dia de atividades, a ser realizado em Natal, contará com as contribuições das escolas das regionais de Parnamirim, Nova Cruz, São Paulo do Potengi, Macau, Angicos e João Câmara.

Antes da realização do seminário, as escolas estão sendo convidadas a discutirem o texto base para a elaboração dos referenciais e enviarem suas contribuições. Por meio de instrumental disponível no site da SEEC, cada escola poderá organizar seu debate e enviar o resultado das discussões. Após o envio, a Fundação Vunesp irá organizar todas as contribuições, sintetizando-as em um documento a ser discutido no Seminário Regional. 

O documento final deverá ser disponibilizado para as escolas em dezembro, a tempo de ser utilizado nas semanas pedagógicas e discussões do PPPs para o ano letivo de 2018.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

3ª Rodada da IV Copa de Futsal Talentos da Serra


A ACAYU/EEPJA realizou ontem a 3ª rodada da IV CFTS, onde tivemos dois jogos equilibrados, diferente das goleadas nas rodadas anteriores.

Sport Club 4 x 3 Rio Grande do Norte

Sport Club
O Rio Grande do Norte de Fábio Mateus enfrentou o Sport Club formado pelos atletas da Vila Rio de Janeiro, onde tivemos uma partida bem disputada com a vitória do Sport Club por 4x3. Os gols da equipe vitoriosa foram3 de D. Jota e um de Murilo Souza. Já os gols da equipe riograndense foram 2 de Orlando Neto e um de Fábio Mateus.

Rio Grande do Norte
Mulekes da Vila 1x1 Golden Boys

Mulekes da Vila
Os Mulekes da Vila x Golden Boys fizeram a segunda partida da rodada. Também foi uma partida bem disputada em todos os lances e terminou a partida empatada de 1x1x. Italo Menezes marcou pelo Mulekes da Vila e Alisson Moura balançou a rede pelo Golden Boys.
Golden Boys
Hoje teremos a 4ª rodada da IV CFTS - as 19:20 h, Top Seven enfrenta Schalif FC e as 20:10 h Paraná x Minas Gerais. 

A organização do campeonato convida a galera que valoriza o esporte para assistir o show de futsal que os atletas estão dando na IV Copinha de Futsal Talentos da Serra.

Patrocinador Oficial
Posto MM Soares

Apoiadores
Ligeirinho Distribuidora
New Point
Livraria Independência
Dinâmica Sports
Stamp Camisetas

Realização
ACAYU
EEPJA

Colaboradores Voluntários
Edna Moreno
Jeferson Costa
Jeferson Emanuel 
Renan Potiguar

Ideologia de Gênero